Fiado na barbearia: saiba porque é arriscado e pode trazer prejuízos

Home » Para barbeiros » Fiado na barbearia: saiba porque é arriscado e pode trazer prejuízos

15 de janeiro de 2019 Para barbeiros Nenhum comentário

Em meio a crise financeira que o Brasil se encontra, o fiado voltou a ganhar força em muitas barbearias. Fiado é algo cultural no Brasil e as famosas cadernetas lotadas de anotações que um dia serão riscadas ou não, voltaram a aparecer.

Porém o fiado é algo muito arriscado e pode trazer sérios prejuízos a barbearia.

Quando o cliente chega na barbearia e a primeira coisa que pede é pra deixar anotado, por mais que haja uma relação boa entre você, é preciso separar as coisas pra manter uma relação boa. Há também a situação que o cliente no final do corte informa que não tem como pagar. Aqui o melhor a fazer, é deixar claro que isso não pode acontecer outra vez e que você não gostou dessa situação, claro, tudo feito de maneira educada.

Torcer para alguém lhe pagar por um serviço que você fez, não é justo nem pra você, nem para sua barbearia. Ao longo prazo, você perderá o controle das suas finanças e isso é muito importante para a saúde financeira da sua barbearia e, colocar isso em risco para manter clientes, pode afundar a sua barbearia.

Fiado é imprevisão. Então como você pode trabalhar tranquilo na sua barbearia se você não pode prever como será o futuro financeiro dela? Como você vai fazer planos de melhorias, compras de equipamentos, produtos, se não sabe se terá dinheiro ou não para pagar? Você fica sem planejamento.

Mas se fiado é prejudicial para sua barbearia, porque muitos barbeiros insistem com isso?

Como fiado, na barbearia e em qualquer estabelecimento, é cultural, isso vira uma forma de atração de clientes. Quando os clientes pagam suas contas, o problema não fica tão grande, porém os que atrasam ou não pagam, geram prejuízos grandes.


Medo de perder clientes

O medo de perder clientes ou de que seus clientes migrem para outras barbearias é o maior motivo de fiado na barbearia. Isso não deixa de ser uma possível de acontecer, porém seu negócio terá muito mais chance de crescimento se mudar a política de não aceitar fiados. Então o que é melhor: perder alguns clientes ou ter a chance de falir sua barbearia em alguns anos?

Se os seus clientes que se dizem amigos e pedem fiados realmente forem amigos, eles entenderão sua nova prática de não aceitar fiados.

O fiado pode parecer uma pequena coisa, mas são essas práticas que fazem você ter um crescimento profissional.

Dicas para acabar com o fiado na barbearia

Se seus clientes pedem fiado pela falta de dinheiro, ofereça outras formas de pagamento: débito, crédito, vales. Quanto mais, melhor.

Procure usar o humor para dizer não

Quem nunca viu aquelas plaquinhas divertidas que dizem “Fiado só amanhã”; “Fiado somente para quem pagar adiantado”; “fiado só para maiores de 90 anos acompanhados dos avós”, enfim, utilize o humor para deixar claro como você trabalha.

Não se esqueça de ser objetivo para que não te importunem com essa insistência de cortar fiado.

Fidelize seus clientes de outra forma

Claro que o fiado na barbearia fideliza, quem não quer uma mamata dessas? Há diversas formas de fidelizar seus clientes de outras formas, por isso, evolua e pratique formas seguras

Você pratica fiado ou conhece alguma barbearia que sim? Conte como foi sua experiência!

Escrito por Pelas Barbas

Posts relacionados