Conversar com seu cliente na barbearia, tem limite? -Pelas Barbas

Conversar com seu cliente na barbearia, tem limite?

Home » Para barbeiros » Conversar com seu cliente na barbearia, tem limite?

6 de agosto de 2018 Para barbeiros Nenhum comentário

A conversa é sempre um bom motivo para reunir amigos, pra falar sobre a vida, jogar papo fora, falar do futebol  atual, do recém relacionamento amoroso e até “chorar as pitangas”.


Falar ou não falar com seu cliente

 

Tudo é um bom motivo para uma conversa e às vezes o seu cliente só precisa conversar.

E isso vai acontecer na hora do atendimento, naquela hora que você cria uma proximidade com o seu cliente até que ele comece a dividir com você os assuntos da vida pessoal ou de trabalho, e acompanhado de uma cerveja isso vai longe!

Mas e ai? Até onde essa conversa pode chegar?

Por mais próximos que possam ficar, e isso é uma coisa comum com clientes que frequentam constantemente sua barbearia, você deve se lembrar que há um profissionalismo envolvido, por isso, cuidado ao expor sua opinião. Lembre-se que o assunto pode ter outras pessoas envolvidas e não é bom gerar fofoca, nunca!

Falar sem roteiros

 

Um bom atendimento ao cliente não é baseado em roteiros pré programados mas sim no diálogo com atenção. Ouvir seu cliente é a base de um bom atendimento.

Na despedida, agradeça e mostre-se a disposição para um outro retorno.

 

O que deve estar se evitando pra ninguém ficar pistola

Na conversa evite gerundismo e gírias em excesso durante o atendimento. Tem gente que não tem esse costume do uso de gírias e pode não entender bem o que está falando. Utilize uma linguagem que seu cliente entenda com clareza o que está falando.

 

Lembre-se: ter clientes satisfeitos é uma das melhores propagandas que sua empresa pode ter.

 

 

 

Escrito por Pelas Barbas

Posts relacionados

Deixe um comentário